CONTROLE ESTATÍSTICO DO PROCESSO DE EMBALAGEM DE UMA FÁBRICA DE GELO

Bruna T. De Lima, Aline S. Culchesk, Gilberto C. Antonelli, Manoel F. Carreira

Resumo


Para uma empresa ser competitiva, deve, entre outros aspectos, atuar sob controle estatístico, livre de causas especiais, ou seja, não apresentar falhas ocasionais durante o processo, com grande influência individualmente. Desta forma, realizou-se um estudo de caso em uma fábrica de gelo, situada no norte do Paraná, a fim de verificar-se o processo de embalagem, se o mesmo encontrava-se em controle estatístico. Para isto, realizou-se a coleta dos pesos das embalagens de gelo e em seguida realizou-se a construção dos gráficos de controle de variáveis, da média e da amplitude. Utilizou-se do suplemento do Excel, Action, para a geração dos gráficos de controle. Como resultados, obteve-se um processo sob controle estatístico, sem causas especiais. Mesmo com o resultado satisfatório, como forma de prevenção alguns aspectos foram pontuados para melhoria.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.