Reuso de água de chuva: Estudo de concepção técnico-econômico de cisterna em residência unifamiliar

Tony Lincoln Dias de Andrade

Resumo


O reúso de água de chuva é uma prática comum há anos em países desenvolvidos como Japão, Alemanha e EUA, porém no Brasil esta é uma prática recente, neste cenário, diversas cidades brasileiras sequer instauraram legislações que exijam o reuso de água. Diante do contínuo crescimento da população mundial e da percepção da limitação do acesso à água potável, é iminente a iniciativa de se introduzir no Brasil alternativas para o reúso deste recurso. Portanto, através deste, foi desenvolvido um estudo de concepção técnico-econômica sobre o sistema de reaproveitamento de água de chuva para fins não potáveis em uma residência, além de verificar o sistema de reaproveitamento de água da chuva, verificando a quantidade de água economizada por meio da concepção do sistema proposto e analisando o investimento necessário para a implantação. Foi desenvolvido um levantamento de custo para implantação do sistema e o tempo de retorno do investimento, tendo como base o projeto desenvolvido neste trabalho. O estudo mostrou que o reaproveitamento do recurso natural e o atendimento às exigências de alguns municípios justifica sua implantação. Ademais, com o trabalho concluiu-se que o custo de implantação do sistema corresponda a cerca de 0,03% do custo global da obra.

Palavras-chave


Reaproveitamento de água; Reuso; Águas pluviais; Escassez de água.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.