PLANEJAMENTO E CONTROLE DE ESTOQUE: UM ESTUDO DE CASO

Pedro Vieira Souza Santos

Resumo


Conhecer sistemas de informação é essencial para os administradores porque a maioria das organizações precisa deles para sobreviver e prosperar. Esses sistemas podem auxiliar as empresas a estender seu alcance a locais distantes, oferecer novos produtos e serviços, reorganizar fluxos de tarefas e trabalho e, talvez, transformar radicalmente o modo como conduzir o negócio. O artigo objetiva mostrar quais e como são aplicadas as ferramentas do Planejamento de Controle de Produção de uma farmácia situada em Juazeiro-BA, enfocando principalmente nas técnicas utilizadas pela empresa no gerenciamento dos produtos. Dessa forma foi feita uma visita in loco, para entrevistar o proprietário e a encarregada, para detectar como a mesma realiza o controle do fluxo de entradas e saídas dos produtos comercializados bem como seu monitoramento no que diz respeito às quantidades disponíveis no estoque para venda. Logo, o grande fluxo de entrada e saída de produtos seja para cadastramento e disponibilidade de estoque ou para faturamento em uma venda final fica evidenciado a necessidade de um sistema que “automatize” o controle dessas saídas e entradas. O sistema adotado pela empresa possui tal característica, viabilizando um atendimento de uma maior demanda culminando em uma eficiência mais altas nos atendimentos

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.